Carreira no ExteriorLinkedIn

Porque seu perfil no Linkedin vai garantir o emprego dos seus sonhos

By Maio 4, 2017 No Comments

Currículos e entrevistas fazem parte da vida do candidato às mais variadas vagas de empregos mundo afora, de estagiários a CEOs. São diversos contatos até que a admissão seja realizada. O processo seria igual para todos, independentemente do porte da empresa ou do nível do candidato, se não fossem as tecnologias e novos comportamento envolvidos na dinâmica das contratações atuais. Estamos falando das redes sociais e o acesso rápido e facilitado à tecnologia e, em se tratando de mercado de trabalho, o LinkedIn, com mais de 400 milhões de usuários em todo o mundo.

 

LinkedIn: a sua palavra-chave

 

Hoje o LinkedIn é uma das principais fontes de busca por candidatos de grande parte das empresas, em diferentes níveis organizacionais graças às ferramentas que a rede oferece. Quanto mais atualizado – e preenchido com detalhes que vão desde a foto de apresentação, informações sobre a experiência profissional, networking, recomendações e até artigos indicados e publicados -, maior será a chance de ser chamado.

Outro fator importante está na relação da rede com o Google, tendo em vista que a última é uma das ferramentas de busca mais utilizadas no mundo, seja para uma dúvida para tarefa doméstica, dados para o trabalho de escola e, claro, informações sobre profissionais selecionados para uma vaga de trabalho. Aliás, faça um teste e dê um google no nome daquele amigo que faz parte do networking em seu LinkedIn e veja qual o primeiro resultado da pesquisa. Captou?!

Além da busca, o LinkedIn é importante para praticar o Branding Pessoal, ou seja, fazer seu marketing. Para isso, esteja atento às suas publicações: conteúdo de qualidade, de própria autoria, podem te transformar num influenciador da sua área de atuação e colocá-lo em evidência na rede, assim como seu networking, afinal, uma boa rede de contatos garante recomendações/indicações valiosas. Informe-se e compartilhe.

A universidade te dá a experiência acadêmica para o trabalho, a experiência te prepara para o dia a dia do emprego e como se preparar para uma participação de sucesso no LinkedIn?

 

8 dicas para o perfil ideal

 

Estar presente no LinkedIn desde os tempos de universidade é importante para demonstrar o amadurecimento profissional do candidato para o recrutador e, para o participante, confere o conhecimento de uma plataforma atual e na criação de um networking robusto e eficiente. Para isso, tenha em mente os seguintes tópicos:

 

  1. Mantenha seus dados completos, atualizados e seja verdadeiro sobre eles: pense no LinkedIn como seu currículo on-line, na sua primeira apresentação para uma vaga e, assim, todas as informações relevantes ao seu perfil profissional devem estar presentes na rede. Preencha o máximo de informações possíveis e pesquise como extrair o máximo dos recursos existentes no LinkedIn, incluindo a ajuda de um profissional.
  2. Título e Sumário: use o título de sua página para difundir seu trabalho ideal, não precisa ser um cargo, e estudantes também podem promover como uma manchete do que querem fazer após a graduação.

Conte sua história de forma criativa, utilizando recursos gráficos como fotos, vídeos e a personalização da sua url. Revise seu texto e tenha a certeza que há começo, meio e fim coerentes. Este conteúdo também pode demonstrar seus objetivos, ferramentas e resultados do processo dessa ou daquela empresa, por exemplo.

 

  1. Imagem é tudo: não é à toa que a “primeira impressão é a que fica”. Evite fotos de festas ou viagens. Está se candidatando a um cargo formal ou informal? Avalie por quem você pode ser visto e escolha com critério a imagem a ser utilizada, considerando o uso de imagens feitas por profissionais, caso seja necessário.
  2. Cuidado com o Inglês e com a escrita em geral: não é preciso ser um gramático ou escritor, no entanto, esteja atento para os erros e pontuação e hesite ao publicar em outro idioma que não tenha fluência – do contrário, faça-o, com certeza. Opte pela simplicidade com qualidade.
  3. Utilize as recomendações: peça aos seus colegas de trabalho que escrevam sobre você, suas habilidades e conquistas – e faça o mesmo por eles.
  4. Adicione palavras-chave: as palavras-chaves são recursos utilizados pelos recrutadores. Atente-se a elas, sobretudo no campo ‘especializações’, e invista um tempo nesta escolha.
  5. Seja claro sobre o público que quer atingir: pense em quem você está tentando impressionar. Qual é o seu foco? Arrumar trabalho? Mostrar o quão bom você é no seu trabalho? Ou até mesmo mudar de área? Deixe isso claro.
  6. Networking, seja eficiente no seu relacionamento: construa e conecte-se com pessoas com o mesmo perfil que o seu, seja nas habilidades, interesses e até mesmo seguindo as empresas que interessam a você. Envolva-se com os grupos relevantes, troque ideias, indique conteúdo interessante. Interaja!

 

Um perfil correto no LinkedIn pode aumentar a visibilidade, melhorar a presença na Web e fortalecer sua marca global profissional. Considere-o como seu currículo online, que contém todas as informações profissionais com um toque de personalidade.